Facebook Twitter Instagram

Gestão de recursos do Fepa é pauta de diálogo entre Iprev e Sindjus

Chefe de gabinete do Iprev, Danilo Gaioso; presidente do Iprev, Joel Benin; presidente do Sindjus-MA, Aníbal Lins; vice-presidente do Sindjus-MA, George Ferreira; e o diretor do Fepa, Aderaldo Neto

Chefe de gabinete do Iprev, Danilo Gaioso; presidente do Iprev, Joel Benin; presidente do Sindjus-MA, Aníbal Lins; vice-presidente do Sindjus-MA, George Ferreira; e o diretor do Fepa, Aderaldo Neto

 

O equilíbrio financeiro e atuarial da previdência dos servidores públicos estaduais foi a pauta do diálogo entre o presidente do Instituto de Previdência dos Servidores Estaduais do Maranhão (Iprev), Joel Benin, e o presidente do Sindicato dos Servidores da Justiça do Maranhão (Sindjus), Aníbal Lins. A reunião foi realizada na última semana no gabinete do Iprev.

Na ocasião, Joel Benin reforçou que não há risco de não pagamento dos benefícios previdenciários. “O pagamento em dia de servidores ativos, bem como de aposentados e pensionistas, tem sido uma das prioridades do governador Flávio Dino e assim continuará. Desde a sua criação, o Iprev tem estudado medidas que garantam o equilíbrio do regime previdenciário sem prejudicar o servidor. É preciso, também, considerar o debate nacional”, destacou Joel Benin.

Na ocasião, o presidente do Iprev apresentou algumas das iniciativas em estudo para o equilíbrio do Regime Próprio de Previdência dos Servidores (RPPS) do Maranhão. Recadastramento, Censo Previdenciário e monetização do patrimônio imobiliário do Fepa, avaliado hoje em R$2,2 bilhões, são algumas das iniciativas em estudo.

“Nós queremos compreender melhor qual é a saúde financeira do FEPA, qual é a perspectiva para o futuro, qual é o papel do Iprev no sistema previdenciário, quais ações estão sendo empreendidas no sentido de proteger o direito dos servidores públicos”, explicou Aníbal Lins durante a reunião.

Também participaram do encontro o chefe de gabiete do Iprev, Danilo Gaioso; o diretor do Fundo Estadual de Pensão e Aposentadoria (Fepa), Aderaldo Neto; e o vice-presidente do Sindjus, George Ferreira.

(Com informações do Sindjus)