Facebook Twitter Instagram

Servidores aposentados expõem produção artística em evento do Ministério Público

Telas confeccionadas por servidores aposentados foram expostas no Ministério Público

Telas confeccionadas por servidores aposentados foram expostas no Ministério Público

Servidores estaduais aposentados participaram, no último mês, da campanha “Idade não é nada. Respeito é tudo!”, alusiva ao Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, celebrado em 15 de junho. A campanha é idealizada pelo Centro de Apoio Operacional de Proteção ao Idoso e Pessoa com Deficiência (Caop-Pipd), do Ministério Público do Maranhão.

 

Como parte das ações de lançamento da campanha, os aposentados expuseram trinta telas no Centro Cultural do Ministério Público. As pinturas são resultado da produção artística dos idosos ao longo dos anos de 2017 e 2018, na oficina de Pintura em Tela realizada no âmbito do Programa de Ação Integrada para o Aposentado (PAI). O programa é executado pelo Governo do Estado por meio do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do Maranhão (Iprev).

 

A exposição, intitulada “Cabeça no Comando/Memórias”, é resultado de um trabalho com o objetivo de estimular atenção, concentração e memória entre os idosos. “Buscamos ir além de repassar as técnicas artísticas, trabalhando também as demandas e necessidades do idoso. Durante as oficinas, contextualizamos o tema da memória e buscamos fazer com que o idoso busque retratar, de forma lúdica, assuntos relativos à sua memória e à sua cognição”, explica a coordenadora da oficina, Tereza Moraes Rêgo.

 

O evento de lançamento da campanha contou também com a participação do tambor de crioula do PAI, formado exclusivamente por servidoras aposentadas, o grupo surgiu durante as oficinas realizadas pelo PAI e tem o objetivo de valorizar a cultura local e reforçar a autoestima da pessoa idosa.

 

Tambor de crioula do PAI se apresentou durante o lançamento da campanha

Tambor de crioula do PAI se apresentou durante o lançamento da campanha